Because, I love you
Twitter ask Facebook
Se fosse pra fazer um pedido, ia pedir pra acordar todos os dias ao seu lado.
Dear Sean.    (via re-fugios)
Era como se todas as luzes apagassem e as estrelas recuassem por que o astro maior naquela noite, era você.
You never know if i love you.    (via abolir)
Ai vem você com esse jeito todo… torto, estranho e irritante, que de certo modo, eu gosto, e como gosto.
Coke e Blake.    (via retificou-me)
Juro, dessa vez estive muito perto de te esquecer.
Gabito Nunes. (via incapacitado)
Você sabe. Acho que sempre soube. Eu tinha medo de gostar de alguém, de me envolver, de me mostrar sem disfarces. Amar dá um medo danado. De perder a liberdade, a identidade, de se machucar, de não saber mais voltar.
Clarissa Corrêa.  (via romantizar)
Eu tenho milhares de erros. Mas quer saber? Um (uns?) dos meus melhores acertos foi sempre acreditar. Sim, acreditar. Na vida, nos meus sonhos, em mim, em dias bonitos, em finais felizes, em anjos, em tudo que faz o meu coração acalmar. Quem diz que tudo que eu acredito não existe, pra mim é burro. Um completo burro, ignorante e que não sabe nada da vida.
Clarissa Corrêa.   (via relevantes)
Meu quarto está vazio. Assim como meu coração e minhas lembranças. Tudo de repente se tornou um vácuo depois que você se foi, como se a ficha ainda não estivesse caído, mas é melhor assim, sabe? Porque as coisas tendem a melhorar, quando tudo parece piorar, ao menos eu acredito nisso. Pode ter sido bom enquanto durou e, claro que eu queria que durasse mais. Mas quem precisa de “para sempre”, quando se tem uma maré de novas escolhas pela frente? Vou deixar o que foi bom pra trás e correr atrás do que é ótimo, que me aguarda na próxima esquina do futuro. Arrependimentos? Vou esquecer todos amanhã.
A culpa é mesmo das estrelas? (via romantizar)
Eu me flagrei pensando em você, em tudo que eu queria te dizer.
Charlie Brown Jr. (via distanciarei)
Você é uma daquelas chances boas que a vida não me daria duas vezes.
Camila Costa.  (via romantizar)
Tudo em mim é muito dramático. Não me leve tão a sério.
Caio Augusto Leite.  (via retificou-me)

FS ©